segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Retorno

Voltei. Tinha decidido matar este blog, liquidá-lo por total e absoluta falta de inspiração. Mas Joana, a anônima-revelada do post anterior, insistiu pelo retorno. Incrível como sua doçura exerce sobre minha carapuça - dura como rocha - um grande poder de persuasão. Este blog agora terá destino certo: Joana em suas tardes de tédio. Acho que ela é a única pessoa que ainda entra aqui. Será, portanto, um diálogo - uma conversa entre amigas impedidas pelo dia-a-dia de conversarem tanto quanto queriam.

Além disso, tenho um problema com o fim, a morte, a perda definitiva. Acho lastimável que algo termine, se finde indefinidamente ou, pior, eternamente. Voltar a escrever aqui é, portanto, minha pequena e silenciosa revolta contra o fim das coisas.

5 comentários:

  1. Obrigada!!! Também não gosto de fins... São os "meios" que me encantam! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Eu tb leio! Eu sou a Manu!

    ResponderExcluir
  3. Que injustiça. Eu sempre entro tb. E confesso que já estava irritada com o título do ultimo post. Nunca mudava.....bjos Sissinha

    ResponderExcluir
  4. a outra Joana também entra ainda...

    ResponderExcluir
  5. Maria: prima revoltada!10 de março de 2010 07:14

    Que isso??? Que Joana é essa???
    Eu fui a anônima do último post!
    Tb entro sempre!
    Tb sou contra os fins!
    Tb quero mais e mais posts!

    ResponderExcluir